Medidas de Apoio e Incentivos (IEFP)

ESTÁGIO EMPREGO

Consiste em estágios coma duração de 12 meses, não prorrogáveis.

Objetivos:

Complementar e desenvolver as competências dos jovens que procuram um primeiro ou um novo emprego, de forma a melhorar o seu perfil de empregabilidade;

  • Promover a integração profissional de desempregados em situação mais desprotegida;
  • Apoiar a transição entre o sistema de qualificações e o mercado de trabalho;
  • Promover o conhecimento sobre novas formações e competências junto das empresas e promover a criação de emprego em novas áreas;
  • Apoiar a melhoria das qualificações e a reconversão da estrutura produtiva.

Para mais informações deve entrar em contacto com o IEFP ou
aceder ao link: http://www.iefp.pt/apoios/candidatos/Paginas/Estagios_Emprego.aspx

APOIO À CONTRATAÇÃO VIA REEMBOLSO DA TSU

Consiste no apoio financeiro às entidades empregadoras que celebrem contratos de trabalho, sem termo ou a termo certo, a tempo completo ou a tempo parcial, com desempregados inscritos nos centros de emprego ou centros de emprego e formação profissional, através do reembolso de uma percentagem da Taxa Social Única (TSU) paga pelo empregador.

Objetivos:

  • Incentivar novas contratações, fomentando a criação líquida de postos de trabalho;
  • Combater o desemprego de longa duração;
  • Diminuir a carga fiscal associada à contratação.

Para mais informações deve entrar em contacto com o IEFP ou
aceder ao link: http://www.iefp.pt/apoios/candidatos/Paginas/Apoio_Contrata%C3%A7%C3%A3o_via_Reembolso_TSU.aspx

MEDIDA ESTIMULO 2013

Consiste no apoio financeiro às entidades empregadoras que celebrem contratos de trabalho a tempo completo ou a tempo parcial por prazo igual ou superior a 6 meses, com desempregados inscritos nos centros de emprego ou centros de emprego e formação profissional, com a obrigação de proporcionarem formação profissional aos trabalhadores contratados.

Objetivos:

  • Combater o desemprego, fomentando a criação líquida de postos de trabalho;
  • Promover a contratação de públicos mais desfavorecidos;
  • Reforçar vínculos laborais mais estáveis e combater a segmentação e a precaridade no mercado de trabalho.

Para mais informações deve entrar em contacto com o IEFP ou
aceder ao link: http://www.iefp.pt/apoios/candidatos/Paginas/MedidaEstimulo2013.aspx